Como funciona a restrição de texto na imagem do Facebook?

Por Bianca Castilho – Designer Gráfico e Mercadóloga


Existe uma regra para anunciar no Facebook que impõe uma restrição na quantidade de texto contido em uma imagem. Segundo o próprio aviso da Rede Social:

“O Facebook prefere imagens de anúncios com pouco ou nenhum texto, uma vez que imagens com muito texto podem criar uma experiência de baixa qualidade para as pessoas no Facebook.”.

Por conta disso, no momento da criação da arte de sua postagem é preciso se atentar a essa limitação que não envolve apenas o número de caracteres, mas também a porcentagem de texto em relação ao tamanho da imagem. Em outras palavras, temos que considerar não só a quantidade de texto, mas também o tamanho em que esse texto entra na arte.

Ao não respeitar essa regra sua publicação não terá o alcance desejado, pois o Facebook restringe a distribuição de publicações com mais texto que o imposto pela regra.

Então, a solução para a maioria dos casos é: - Caprichar na foto/imagem. - Usar apenas o texto principal e chamativo na arte. - Inserir seu Logotipo - E escrever as informações adicionais na legenda da publicação. Dessa forma, você estará “dentro da lei” e sua publicação não terá restrições no alcance de seu público!

ENTENDA MELHOR COMO FUNCIONA


A análise da quantidade de texto contido em uma imagem é dada em quatro categorias:

  • OK (boa)

  • Low (baixa)

  • Medium (média)

  • High (alta)

Essa análise é instantânea, basta fazer o upload da imagem na ferramenta de Sobreposição de Texto no Facebook (Text Overlay).

Se sua imagem receber um “OK” da ferramenta, não haverá nenhum tipo de restrição no alcance da publicação.


Se ela receber um “Low”, o alcance será menor. Se ela receber um “Medium”, o alcance será ainda menor. Se ela receber um “High”, o alcance será praticamente insignificante.

Vale lembrar que números, logotipos e marcas d’água também são considerados texto. Espero ter esclarecido as principais dúvidas a respeito dessa regra que, por um lado, trouxe uma barreira para designers e profissionais de mídias sociais, mas por outro melhorou a experiência visual dos usuários do Facebook.

Todos os direitos reservados 2020