Como escolher o nome da minha empresa?

Por Evelyn Castilho – Designer Gráfico e Diretora de Arte (Nave Estúdio Criativo)


Chegou aquele momento de montar sua empresa e você ainda está em dúvida de qual melhor nome escolher? Vou dar algumas dicas pra ajudar você nesse processo!



A escolha do nome deve ser pensado com muita dedicação, afinal, é uma das coisas mais importantes que você vai fazer durante a montagem do seu negócio. O nome da sua empresa é a primeira coisa que vai aparecer para o seu cliente! É importante ter em mente que a exclusividade é um dos fatores mais importantes no momento da criação, mas, nem sempre é tão fácil chegar lá!


Não desanime se o nome que você adorou para sua empresa já existe. O importante é continuar o processo criativo até chegar naquele nome cheio de personalidade que será todo seu!

Coisas que você deve pensar na hora de escolher o nome:


1) Afinal, quem é o seu cliente?

Pense em quem vai comprar o seu produto/serviço. Sim, existem públicos diferentes que podem vir a consumir o seu produto/serviço, mas, esse é o momento de focar naquele cliente ideal, aquele cliente que será o motivo da existência da sua empresa. Qual o hábito de consumo dele? Ele mora sozinho ou com a família? Gosta de coisas simples ou de glamour? Qual idade média do seu cliente? Profissão? O que o seu cliente gosta de fazer nas horas vagas? Parece complicado tentar entender tanto o seu cliente, mas esse é o ponto chave para você oferecer o produto certo para a pessoa certa! Conheça profundamente o seu consumidor e pense nele na hora que estiver criando o tão sonhado nome!


2) O que você faz de diferente dos outros?

Qual o principal motivo que fará o seu cliente consumir o seu produto e não o do seu concorrente? Não é tão simples escolher um diferencial, afinal, o seu diferencial também pode ser o diferencial do seu concorrente. Pense em algo que seja difícil de ser imitado ou pode até ser imitado, mas não tão bom o bastante quanto o que você oferece. Lembrando que preço baixo nunca pode ser o seu diferencial, isso o seu concorrente pode copiar facilmente de você e sua empresa ainda corre o risco de fechar por ser obrigada a disputar preço com o concorrente. O seu diferencial não deve ser quanto você cobra e sim o que você oferece. O seu diferencial pode ajudar a escolher o nome, ou pelo menos a essência dele!


3) Que lugar sua empresa ocupa no coração do cliente?

Afinal, qual o posicionamento da sua empresa no mercado? O ramo que você escolheu para atuar te faz ser o melhor naquilo que você oferece? Um bom posicionamento pode fazer você ser lembrado ou esquecido por seu cliente. Em resumo, uma empresa existe para suprir as necessidades do cliente e suprir as necessidades qualquer empresa pode fazer, a diferença é em como fazer para ser sempre lembrado. A escolha do nome tem que ser de alguma forma o posicionamento que você quer alcançar no mercado perante o seu público alvo. Junte todas as características da sua empresa para transformar o seu negócio na melhor opção para o seu consumidor.


4) Para que lado eu corro?

O nome da sua empresa tem que ser fácil de soletrar, de entender e de ser lembrado. Os seus funcionários, parceiros e clientes precisam saber falar o seu nome. Imagina se sua empresa chamasse " Crinlyndia"? Tenho certeza que ao terminar esse artigo você já terá esquecido! Um nome simples é sempre é a melhor opção!


5) Pense positivo!

Você pode escolher um nome que cause sensações e emoções ao seu cliente. Lembre-se de associar essa escolha a conotações positivas e adequadas para o seu negócio! Você pode transmitir por meio do nome: força, confiança, lealdade, entre tantas outras sensações! Imagine uma empresa de segurança chamada "borboleta segurança" , você confiaria nessa empresa?


6) Quem é você no mercado de trabalho?

Se você está escolhendo o nome do seu negócio, provavelmente você ainda é novo no mercado. Você precisa explicar o que você faz por meio do seu nome. A marca Adidas por exemplo, não usa nada associado ao que ela vende, mas foram anos de posicionamento para chegar lá. Coloque o ramo do seu negócio atrelado ao nome, por exemplo: restaurante, salão de beleza, estética automotiva, pães artesanais, etc... O seu cliente precisa saber o que você está oferecendo.


7) Sua empresa online

Hoje em dia o mundo online já é realidade para todas as empresas e você precisa estar lá. Pense em um nome fácil de ser buscado nas redes sociais e sites de busca. Cuidado com as letras y, w e com muitos acentos no nome! Se o seu cliente tem dúvidas de como escreve, ele pode desistir de procurar por você.


8) Pense em seu cliente e não em você!

Você precisa agradar o seu cliente e não apenas o seu gosto pessoal. O seu público alvo é a alma do seu negócio. Alguns nomes terão significados apenas pra você, veja se de fato é um bom nome para ser levado adiante.


9) Evite o óbvio!

Não escolha um nome que parece com o do seu concorrente, por exemplo, você vende tênis e usa o nome "Mike". Isso soa negativo para o seu cliente e pode perder a força do seu negócio, que tinha tudo para ter personalidade própria. Cuidado com nomes com duplo sentido que podem soar como algo negativo!


10) Marcas e Patentes

Existe um processo para você registrar o nome da sua empresa. Ela só é reconhecida como "sua" se você passar pelo registro no INPI. Pode ser que aconteça de você escolher um nome que já existe, por isso, essa pesquisa precisa ser feita com cautela caso o seu objetivo seja expandir a empresa.


Espero ter ajudado você nesse processo tão importante da escolha do seu nome! Nós da Nave Estúdio Criaivo passamos por todos esses processos até a escolha do nome que representasse melhor a nossa empresa! Até a próxima! Vem mais dicas por aí! =)


#sonhealto #nomedaminhaempresa #escolhendonome #nomeempresa #comoescolher #minhaempresa #sonho #dozero

Todos os direitos reservados 2020